Portal ApoTech

Notícias Sistemas

Windows XP: sistema operacional da Microsoft completa 20 anos

No dia 25 de outubro de 2001, há 20 anos, o Windows XP estreava no mercado.

Windows XP: sistema operacional da Microsoft completa 20 anos
Microsoft
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No dia 25 de outubro de 2001, há 20 anos, o Windows XP estreava no mercado. Apresentando um visual amigável e colorido ao grande público, o sistema operacional foi o primeiro grande lançamento da Microsoft neste século, eventualmente se tornando um favorito entre os internautas. Desde então, a plataforma representa um importante passo no desenvolvimento de negócios da gigante de Redmond, bem como um exemplo do que "não consertar, se não está quebrado".

Lançado durante a "Renascença da Computação", quando a Microsoft dominava o mercado por uma grande margem, o Windows XP definiu o que seria a experiência de navegação em um computador para muitos usuários — algo também influenciado pela popularização da tecnologia, antes restrita, relativamente cara e sem muito apelo para o público casual. Com um conjunto robusto de programas e jogos, integrado por padrão, o sistema operacional foi um sucesso por priorizar a facilidade e qualidade de uso para os usuários.

Suíte de jogos do Windows XP. (Fonte: Microsoft, How To Geek / Reprodução)Suíte de jogos do Windows XP. (Fonte: Microsoft, How To Geek / Reprodução)Fonte:  Microsoft, How To Geek 

Três passos adiante, dois passos atrás

Todavia, essa abordagem viria mudar repentinamente com o lançamento do Windows Vista, em 2007, desenvolvido para computadores mais poderosos. Em grande contraste, o sucessor do Windows XP não foi bem recebido pela crítica, sendo considerado lento, inferior e repleto de recursos supérfluos. Para piorar, as mudanças no sistema operacional inviabilizaram seu uso em máquinas que rodavam, muito bem, seu antecessor — outro fator que contribuiu para sua baixa adoção.

Apesar de bonito, Windows Vista era muito lento. (Fonte: Microsoft, PPLWARE / Reprodução)Apesar de bonito, Windows Vista era muito lento. (Fonte: Microsoft, PPLWARE / Reprodução)Fonte:  Microsoft, PPLWARE 

Reagindo à baixa adoção do Windows Vista, a Microsoft decidiu voltar alguns passos e resgatar recursos bem estabelecidos do Windows XP em seu próximo sistema operacional, o Windows 7, lançado ainda em 2009. Contudo, foi somente na estreia do Windows 8, três anos depois, que a empresa retomaria sua premissa de priorizar os usuários, apesar de toda a controvérsia envolvendo seu visual.

Segurança acima do visual

Essa sequência de altos e baixos se refletiu diretamente nas estatísticas do Windows XP: ainda em 2009, quando seu suporte para atualizações foi encerrado, pelo menos 75% dos computadores ainda utilizavam o sistema operacional. Mesmo em 2014, quando também parou de receber atualizações de segurança, a plataforma ainda estava presente em 19% das máquinas, caindo para apenas 0,6% na atualidade.

Além da nostalgia, recomenda-se migrar para um sistema operacional mais moderno e com suporte para atualizações de segurança, conforme sugerem especialistas em cibersegurançaConsiderando os avanços do cibercrime, as medidas de proteção nos computadores tornaram-se um tópico ainda mais relevante, especialmente para empresas.

Aviso: Esse conteúdo não reflete a opinião do nosso portal e a sua fonte é www.tecmundo.com.br
Comentários:

Veja também